Salada de Cinema

Notícias, entrevistas, perfis e muito mais de tudo que acontece no mundo do cinema.

Salada de Cinema
Prepare-se

Assassinato no Expresso do Oriente | Agatha Christie e o cinema

por André Sobreiro comentários

Agatha Christie é sucesso de público e isso é inegável. Seus mais de 80 livros já venderam mais de quatro bilhões de cópias mundo afora, perdendo apenas para as obras de Shakespeare e para a Bíblia. Isso, claro, atraiu uma série de adaptações para cinema e TV. E pensando nesse sucesso todo, decidimos pegar suas principais obras e falar um pouco das adaptações.

Assassinato-no-Expresso-do-Oriente-comercial-TV

Começando por Assassinato no Expresso do Oriente. O livro se passa no luxuoso trem, preso nos trilhos após uma tempestade de neve. É nessa noite que um homem é morto com doze facadas e o renomado Hercule Poirot surge para investigar o caso. Além do filme atual, ainda existe um clássico de 1973, dirigido por Sidney Lumet com Albert Finney, Lauren Bacall, Ingrid Bergman, Sean Connery e Vanessa Redgrave no elenco.

O Caso dos Dez Negrinhos – hoje chamado de E Não Sobrou Nenhum – mostra um casal e outros oito estranhos que acabam numa ilha deserta, em uma mansão. Durante esse jantar, uma voz em um gramofone, anuncia que os oito estão envolvidos com um assassinato e, um a um, eles vão sendo mortos, até sobrar apenas o assassino, remetendo ao poema que dá nome ao livro. A obra não tem nenhuma adaptação relevante e a mais recente é Suspeitos, de 1995, que é livremente inspirado.

Outra grande obra sem adaptação é Cai o Pano. Aqui, no último caso de Poirot, o belga vai até o cenário de seu primeiro caso, narrado em O Misterioso Caso de Styles, onde reúne cinco casos aparentemente distintos e que o assassino está na Mansão de Styles.

Fechando a lista temos O Assassinato de Roger Ackroyd. Primeiro sucesso de Christie, o livro mostra Hercule Poirot investigando a morte de Ackroyd, um fidalgo rural que recebe uma carta narrando um caso de chantagem que ele não consegue ler a tempo.

Mesmo com uma infindável lista de livros e adaptações, as principais obras da autora ou não foram adaptadas ou não tiveram uma adaptação à altura. Um cenário de ouro para o cinema.

Studio na Colab55
André Sobreiro
André Sobreiro

Jornalista, daqueles que acredita no momento mágico em que as luzes do cinema se apagam e o filme vira a realidade

Veja todos os posts de André Sobreiro
Comentários
Follow my blog with Bloglovin