Salada de Cinema

Notícias, entrevistas, perfis e muito mais de tudo que acontece no mundo do cinema.

Salada de Cinema
Colunas

Cine Nerd | Blade Runner 2049

por Igor Appolinario comentários

“The World is built in a wall that separates kind. Tell either side there’s no wall… You bought a wa” – Tenente Joshi (Robin Wright)

20992959_1398835880231535_2782616701270880632_n.png-oh=0f2fd8695cf8f5fa17ce0fc552222011&oe=5A7ABF06

Olá Nerds!

Finalmente, o aguardado retorno ao mundo cyberpunk de Blade Runner estreou nos cinemas por aqui com Blade Runner 2049 (2017). Denis Villeneuve, aclamado diretor do longa A Chegada (Arrival, 2016), mergulhou de cabeça na obra de Ridley Scott para trazer de volta ao cinema a estória da tênue relação entre Humanos e Replicantes iniciada em Blade Runner, o Caçador de Andróides (Blade Runner, 1982).

tumblr_oifzwgZiRC1vqbvcbo3_540

Ridley Scott, diretor do longa original, seria o comandante deste longa, mas devido a conflitos de agenda com Alien: Covenant (2017) ele preferiu manter-se apenas como Produtor Executivo e passar a tocha a um novo diretor. Villeneuve, a princípio, era contrário a ideia de uma continuação ao filme cult de 1982, mas ao ler o roteiro ficou encantado com a estória. Harrison Ford já estava atrelado ao projeto neste ponto e, por também ter adorado o roteiro, foi outro ponto positivo para fazer o diretor aceitar o cargo.

Hampton Fancher, co-autor do roteiro do primeiro filme, escreveu um conto com sua ideia para a continuação e entregou aos produtores, pedindo que o deixassem em paz quanto ao projeto de um novo Blade Runner. Michael Green e Ridley Scott fizeram as mudanças necessárias ao conto, transformando em um roteiro para as filmagens.

giphy

K , o personagem de Ryan Gosling, foi escrito com o ator em mente. Ele era a única opção do diretor para o papel.

Gosling e Harrison Ford se deram muito bem durante as filmagens, mas em uma cena de luta, Ford acidentalmente acertou um soco em Gosling. Para se desculpar, o ator chamou o colega de cena para tomar um drink com ele depois das filmagens.

Jared Leto, no papel do magnata Niander Wallace, o novo manda-chuva por trás da fabricação de Replicantes, usou lentes de contato opacas para ajudar a interpretar o cientista cego. Ele também trabalhou com organizações de jovens cegos americanos para entender melhor o personagem.

n2srrimrplyhbugqnu3l

Para constar o que aconteceu com o mundo entre os dois primeiros filmes, foram lançados 3 curtas que podem ser encontrados na internet: Black Out 2022 (2017), por Shinichirô Watanabe, famoso diretor de anime que trabalhou em Animatrix (2003) e Cowboy Bebop (1998); 2036: Nexus Dawn (2017) e 2048: Nowhere to Run, de Luke Scott, que dirigiu os curtas que ligam Prometheus (2012) e Alien: Covenant (2017).

Blade Runner 2049 é uma sublime homenagem ao longa original e apresenta, assim como Blade Runner, o Caçador de Andróides, questões profundas sobre motivação, Humanidade e a existência como um todo. O retorno de Harrison Ford não é forçado para o desenvolvimento da trama, e tem notas nostálgicas e trágicas assim como seu retorno em Star Wars: O Despertar da Força (2015). Mais uma vez Villeneuve apresenta um filme sensível e extremamente bem contado, mostrando que o novo diretor veio para ficar e deixar sua marca em Hollywood.

Uma Curiosidade Final: O cantor David Bowie era a primeira opção de Villeneuve para interpretar Niander Wallace, mas infelizmente o cantor faleceu antes do início das filmagens.

bzzdDoc

Studio na Colab55
Igor Appolinario
Igor Appolinario

Nerd inveterado, ainda procura a Pergunta para a Vida, o Universo e Tudo Mais. Escreve sobre Cinema Nerd, pra divertir e informar o pessoal interessando em sempre quer saber um pouco mais.

Veja todos os posts de Igor Appolinario
Comentários
Follow my blog with Bloglovin