Salada de Cinema

Notícias, entrevistas, perfis e muito mais de tudo que acontece no mundo do cinema.

Salada de Cinema
Colunas

cine nerd: Valerian e a Cidade dos Mil Planetas

por Igor Appolinario comentários

Prepare for the worst and you won’t be disappointed” – Comandante Arun Filitt (Clive Owen)

Salada de Cinema

Olá Nerds!

Valérian et Laureline, série de graphic novels francesas, criada em 1967 pela dupla Pierre Christin e Jean-Claude Mézières é o ponto de partida para a nova aventura futurista comandada por Luc Besson (Lucy – 2014, O Quinto Elemento – 1997).

Valerian (Dane Deehan) e Laureline (Cara Delevingne) são agentes especiais humanos, sob as ordens do Comandante Arun Filitt (Clive Owen), que se colocam em uma aventura na Cidade dos Mil Planetas, uma grande estação espacial onde centenas de espécies de alienígenas vivem e tentam conviver pacificamente.

Salada de Cinema

A estória principal é baseada na graphic novel “Embaixadores da Sombras”, o sexto volume das aventuras de Valerian e Laureline, o primeiro a ser traduzido para o inglês em 1975. O filme abre com cenas em 1975, com a missão conjunta entre EUA e União Soviética no projeto teste Apollo-Soyuz.

Na sequência, consecutivos capitães humanos são vistos saudando novos alienígenas à base. Todos eles são interpretados por diretores ou roteiristas que já trabalharam com Luc Besson.

Salada de Cinema

Com orçamento final de 210 milhões de dólares, Valerian é hoje o filme mais caro feito na França, passando ao longe do 2º colocado, Asterix nos Jogos Olímpicos (Asterix at the Olympic Games, 2008), que fechou em 113 milhões de dólares. 20 anos atrás, Luc Besson dirigiu aquele que seria o filme francês mais caro de sua época: O Quinto Elemento (The Fifth Element, 1997), com orçamento em 100 milhões de dólares.

E esse dinheiro se vê na produção, pois Valerian é um filme lindíssimo de se ver. Com raças alienígenas curiosas e muito bem diferenciadas, cenários internos e paisagem estonteantes e visuais de personagens muito bem desenhados.

Salada de Cinema

Infelizmente, um dos grandes defeitos de Valerian é que, apesar de visualmente deslumbrante, não tem “impacto” em suas cenas de ação. A aventura está lá em tela, mas nada parece de grande consequência ou real perigo, uma violência “clean”. Outro defeito é a falta de química entre Deehan e Delevingne: são jovens e bonitos, mas não necessariamente funcionam juntos.

Uma curiosidade final: Rutger Hauer aparece na frente de todos os outros atores do filme nos créditos iniciais, porém aparece menos de um minuto em tela, como o Presidente da Terra.

Salada de Cinema
Studio na Colab55
Igor Appolinario
Igor Appolinario

Nerd inveterado, ainda procura a Pergunta para a Vida, o Universo e Tudo Mais. Escreve sobre Cinema Nerd, pra divertir e informar o pessoal interessando em sempre quer saber um pouco mais.

Veja todos os posts de Igor Appolinario
Comentários
Follow my blog with Bloglovin