Salada de Cinema

Notícias, entrevistas, perfis e muito mais de tudo que acontece no mundo do cinema.

Salada de Cinema
Entrevistas

Luc Besson e Dane DeHaan – Coletiva de imprensa

por Pedro C. Pardim comentários

Salada de Cinema

Crédito da imagem: Agência Febre

Na última quinta-feira, dia 3 de agosto, o diretor Luc Besson e o ator Dane DeHaan estiveram em São Paulo para divulgar “Valerian e a Cidade dos Mil Planetas”, novo filme do renomado diretor francês, responsável por filmes como “O Profissional” (1994) e “O quinto elemento” (1997).

O filme é uma adaptação de um quadrinho francês muito relevante desde a infância para o diretor: “Conheci Valerian com 10 anos. Eu morava no campo, só tinha uma TV em preto e branco e sem som e quando eu olhava pela janela só via vacas. Eu precisava de uma fuga. ” – Contou Luc.

O projeto é claramente uma paixão para o diretor, que dedicou 7 anos de sua vida no filme. “Começamos os efeitos especiais 18 meses antes das gravações e foram mais 18 meses após. São mais de 2000 planos com efeitos especiais e acompanhar esse processo diariamente me fez sentir como um verdadeiro espectador. É muito surpreendente ver o que esses ‘loucos’, de todos os cantos do mundo, são capazes de fazer”, relatou o cineasta.

Ao ser perguntado do porquê de dirigir o filme só agora, Luc Besson disse que há duas qualidades fundamentais para um diretor: o conhecimento e a vivacidade. Luc acredita estar num momento da carreira em que há um balanço perfeito entre ambas.

Salada de Cinema

Crédito da imagem: Agência Febre

Bem-humorado desde o começo, Luc ironizou os filmes de super-heróis em vários momentos: “Valerian não é um herói tradicionalmente americano. Ele não possui superpoderes, não usa spandex, não enaltece os Estados Unidos. Ele é um cara normal, um pouco pedante, que faz algumas piadas sem-graças e alguns atos de heroísmo. Qualquer um pode ser Valerian. Eu queria ser!”. Em outro momento o diretor foi categórico: “Já tem muito fast-food americano por aí. Hora de experimentar um pouco da culinária francesa.”.

Dane também compartilhou um pouco da experiência de viver o personagem: “Foi o trabalho fisicamente mais desafiador da minha carreira. Eu corria o set todo e normalmente já estava cansado no primeiro take de um plano que necessitava de mais de 20”, brincou o ator que ainda acrescentou que não precisou de nenhuma influência de outro personagem: “Eu só quis fazer jus ao personagem dos quadrinhos. Se tivesse qualquer dúvida era só falar com Luc, ele entende do personagem mais do que ninguém”.

Ao falar sobre o casting das personagens femininas, o diretor deu as respostas mais marcantes da coletiva. Luc exaltou Cara Delevingne, que vive a agente Laureline (paixão platônica de um Luc Besson de 10 anos): “Cara é uma atriz nata. E disso eu entendo. Eu vi a Natalie Portman aos 11 anos e a Milla Jovovich aos 19. Tenho certeza que veremos muitas atuações da Cara pelos próximos 20 anos”.

Sobre a Rihanna, o diretor brincou que não conhecia seu trabalho musical antes de escalá-la e destacou a normalidade na hora de trabalhar com a cantora: “Rihanna deixava toda a bagagem de rainha do pop para fora do set. Na hora da gravação eu trabalhava com ela da mesma forma que trabalhei com Dane e com Cara. Foi totalmente normal, no melhor sentido da palavra.”

“Valerian e a Cidade dos Mil Planetas” estreia nos cinemas brasileiros no dia 10 de agosto.

Assista ao trailer de ‘Valerian e a Cidade dos Mil Planetas’:

Studio na Colab55
Pedro C. Pardim
Pedro C. Pardim

Graças aos meus pais estou em contato com a cultura e artes em geral desde muito cedo, mas a minha paixão é pelo cinema. Sempre foi. Não só paixão, escolhi (e espero) ter o cinema como minha profissão.

Veja todos os posts de Pedro C. Pardim
Comentários
Follow my blog with Bloglovin