Salada de Cinema

Notícias, entrevistas, perfis e muito mais de tudo que acontece no mundo do cinema.

Salada de Cinema
Na Rua

CCBB-SP exibe o Novo Cinema Indiano

por André Sobreiro comentários
Salada de Cinema

A gente pensa em cinema indiano, já surgem imagens de Bollywood, certo? Mas o país, um dos maiores produtores mundiais da sétima arte, tem muito mais que isso. E é esse o tema da mostra Novo Cinema Indiano, promovida pelo Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo entre os dias 14 de junho e 3 de julho. Além da exibição dos filmes, produzidos entre 2013 e 2016, há na agenda alguns debates e apresentações de música e dança. Confira a programação.

Programação

Armadilha(Digital, Dir.: JayarajRajasekharan Nair, Índia, 81 min., 2015, 12 anos)
Região: Kerala / Idioma: Malaiala
Adaptação livre do texto ‘Vanka’, de Anton Tchekhov, o longa-metragem conta a história de Kuttappayi, um órfão que vive com seu avô em Kuttanad, no sul da Índia, após a morte de seus pais. Uma nova realidade se apresenta ao menino quando seu avô começa a ficar doente.
Festivais e Prêmios: Urso de Cristal no Festival de Berlim 2016; Melhor Filme State Film Award de Kerala; Melhor Roteiro e Melhor Filme Ambiental no National Film Award.
Quarta-feira, 14/6, 19h. Domingo, 18/6, 18h30. Sexta-feira, 30/6, 16h30.

Ilha de Munroe(Digital, Dir.: Manu, Índia, 2015, 92 min., 12 anos)
Região: Kerala / Idioma: Malaiala
Keshu, um adolescente rebelde, mas amoroso, e seu pai chegam à casa do avô na Ilha de Munroe. Enquanto o pai quer que Keshu tenha um tratamento psicológico adequado, o avô, que sempre discorda de seu filho, acredita que o neto pode se tornar seu herdeiro. Keshu fica na ilha, mas o relacionamento dele com seu avô é mais complicado do que se esperava.
Festivais e Prêmios: Seleção oficial do International Filme Festival de Kerala e do Mumbai International Film Festival; Prêmio Nacional de Melhor Filme no Aravindam Memorial Award; Prêmio John Abraham deMelhor Diretor Iniciante e Melhor Filme na Língua Malaiala.
Quinta-feira, 15/6, 16h. Quarta-feira, 28/6, 16h. Segunda-feira, 3/7, 18h45* sessão precedida pelo curta ‘India, My Love Story’.

*India, My Love Story(Digital, Dir.: Carina Bini, Índia, 2016, 23 min.)
Makingof do longa-metragem ‘Ilha de Munroe’, com narração da diretora.

Que Assim Seja(Digital, Dir.: SumitraBhave e SunilSukhtankar, Índia, 2014, 135 min., livre)
Região:Maharashtra / Idioma: Marata
Um homem, doutor em sânscrito aposentado, que sofre de Alzheimer, desaparece da vida de sua filha e é encontrado por um casal andarilho que cuida de um elefante. A partir desse encontro, ele passa a viver de maneira diferente.
Festivais e Prêmios: Melhor Roteiro, Diálogo e Melhor Atriz Coadjuvante no National Film Awards.
Quinta-feira, 15/6, 18h30. Sábado, 1/7, 15h.

Água (Digital, Dir.: GirishMalik, Índia, 2014, 136 min., 12 anos)
Região: Mumbai / Idioma: Hindi
Bakka é um jovem que usa poderes místicos para encontrar água no deserto e com isso, tenta resolver o problema da seca em seu vilarejo. Quando decide ajudar uma mulher recém-chegada a salvar flamingos que estão morrendo de sede, as coisas saem do controle.
Festivais e Prêmios: Melhores Efeitos Especiais no National Film Awards.
Sexta-feira, 16/6, 15h. Segunda-feira, 26/6, 15h.

Navio de Teseu(Digital, Dir.: Anand Gandhi, Índia, 2013, 144 min., livre)
Região: Mumbai / Idioma: Hindi e Inglês
Uma fotógrafa lida com a perda de sua visão após um procedimento clínico; um monge erudito enfrenta um dilema ético frente à sua ideologia de vida; um corretor da bolsa de valores, seguindo o rastro de um rim roubado, aprende como a moralidade pode ser complexa. Seguindo estes elementos isolados e sua eventual convergência, o filme explora questões de identidade, justiça, beleza, entendimento e morte.
Festivais e Prêmios: Melhor Filme no National Film Awards e no Festival Internacional de Cinema de Transilvânia; Melhor Fotografia no Festival Internacional de Cinema de Tóquio; Prêmio do Júri de Excelência Técnica no Festival de Cinema de Mumbai e Melhor Atriz no Festival Internacional de Cinema de Dubai.
Sexta-feira, 16/6, 18h30. Quinta-feira, 22/6, 18h30.

O Ovo do Corvo(Digital, Dir.: M. Manikandan, Índia, 2014, 109 min., livre)
Região: TamilNadu/ Idioma: Tâmil
Quando uma pizzaria é aberta em um antigo parquinho, dois meninos pobres são consumidos pelo desejo de saborear este novo prato chamado’pizza’. Percebendo que uma pizza custa mais do que a renda mensal de sua família, eles começam a planejar maneiras de ganhar mais dinheiro – começando uma aventura que irá envolver toda a cidade.
Festivais e Prêmios: Melhor Filme Infantil e Melhor Ator Mirim no National Film Award; Melhor Filme na Língua Tâmil no Film fare Award e Seleção Oficial do Festival de Toronto.
Sábado, 17/6, 15h. Sábado, 24/6, 18h30. Quarta-feira, 28/6, 19h.

Margarita Com um Canudo(Digital, Dir.: Shonali Bose, Índia, 2014, 140 min., 16 anos)
Região: Mumbai / Idioma: Hindi e Inglês
Laila é uma adolescente com paralisia cerebral que estuda na Universidade de Delhi e recebe uma bolsa para estudar em Nova York. Em Manhattan, ela conhece um mundo novo e nele, começa a se descobrir.
Festivais e Prêmios: International Asian Film Premiere no Festival Internacional de Cinema de Toronto; Melhor Atriz no Festival de Cinema Tallinn Black Nights; Prêmio do Público e do Júri da Juventude no Festival de Vesoul.
Sábado, 17/6, 17h30. Domingo, 2/7, 17h30.

A Menina e a Coruja(Digital, Dir.: ManjuBohra, Índia, 2015, 78 min., livre)
Região: Assam / Idioma: Bodo
As consequências dos conflitos na região nordeste da Índia são contadas pela perspectiva de Raimali, uma jovem vítima de estupro. Em uma casa abandonada, ela se recorda de como a violência dos separatistas marcou sua vida e a daqueles que ela amava. Essas memórias contrastam com o folclore local e a permanência da paisagem da região.
Festivais e Prêmios: Seleção Oficial do International Film Festival da Índia e do Festival de Montreal.
Domingo, 18/6, 14h30. Domingo, 2/7, 14h.

O Fabricante de Caixão(Digital, Dir.: VeenaBakshi, Índia, 2013, 123 min., livre)
Região: Goa / Idioma: Concani e Inglês
Filmado em uma pequena aldeia de Goa, o longa-metragem conta a história do carpinteiro Anton Gomes, um homem que começa a fabricar caixões quando circunstâncias difíceis o deixam sem emprego e dinheiro, junto com sua família. Esta situação deixa Gomes pessimista e desiludido, até que a morte desafia sua vida.
Festivais e Prêmios: Melhor Filme de Língua Inglesa no National Film Award.
Domingo, 18/6, 16h30. Domingo, 2/7, 15h30.

ApurPanchali(Digital,Dir.: KaushikGanguly, Índia, 2013, 97 min., 12 anos)
Região: Bangala/ Idioma: Bengali
O filme é inspirado na história real de Subir Banerjee, o ator mirim que interpretou Apu no filme de 1958 ‘A Canção da Estrada’ (PatherPanchali), do diretor Satyajit Ray e nunca mais atuou depois.A caminho da Alemanha para receber um prêmio pelo filme, ele se recorda de sua vida. O filme é uma homenagem a um dos mais célebres atores mirins na Índia.
Festivais e Prêmios: Melhor Direção no International Film Festival da Índia
Segunda-feira, 19/6, 16h30. Quinta-feira, 29/6, 16h.

Projecionista(Digital,Dir.: KaushikGanguly, Índia, 2015, 105 min., livre)
Região: Bangala/ Idioma: Bengali
Um projetista de filmes aposentado se esforça para evitar que seu cinema seja demolido. O tema do filme é um tributo para as salas individuais de cinema com projeção em película que estão rapidamente se tornando raras na Índia, ultrapassadas pelo avanço da tecnologia digital.
Festivais e Prêmios: Medalha Fellini, entregue pelo Conselho Internacional para Filmes, Televisão e Audiovisual da UNESCOICFT – UNESCO no International Film Festival da Índia.
Segunda-feira, 19/6, 18h30. Sexta-feira, 23/6, 17h.Quinta-feira, 29/6, 19h.

Geragalu(Digital, Dir.: NikhilManjoo, Índia, 2015, 90 min., livre)
Região: Karnataka / Idioma: Canará
O filme narra a história de um artista cujo enorme sucesso lhe sobe a cabeça. Ele se torna um incômodo para a família e para a sociedade. Mas a chegada de seu neto muda sua vida.
Festivais e Prêmios: Seleção Oficial do International Film Festival da Índia.
Quinta-feira, 22/6, 16h. Domingo, 25/6, 14h30. Sexta-feira, 30/6, 14h30.

Punhalada no Coração(Digital, Dir.: SubodhBhave, Índia, 2015, 161 min., livre)
Região:Maharashtra / Idioma: Marata
Musical baseado em espetáculo teatral homônimo que conta a história de Sadashiv e seus dois mestres de canto – Panditji e Khasaheb.
Festivais e Prêmios: Seleção Oficial do International Film Festival da Índia.
Domingo, 25/6, 17h30. Sexta-feira, 30/6, 18h30.

Pink(Digital, Dir.: Aniruddha Roy Chowdhury, Índia, 2016, 136 min., 14 anos)
Região: Mumbai / Idioma: Hindi
Drama indiano sobre uma mulher que foi agredida sexualmente, mas acaba sendo julgada por tentativa de homicídio do estuprador. O filme foi especialmente selecionado para a polícia do Rajastão, a fim de treiná-los para lidar melhor com os direitos das mulheres e sua dignidade.
Festivais e Prêmios:Melhor Diálogo no Screen Awards na Índia.

Especial Dia Mundial da Yoga
Aulão de Yoga
Com SagarKarahe e Clizia Bosatelli

Sagar Karahe
Estuda e pratica yoga há 17 anos. Ministra aulas e workshops da autêntica Asthanga Yoga, assim como é realizada na Índia.

CliziaBosatelli
É professora da linha Vinyasa Yoga Flow e sócia-proprietária do Sattva Yoga Studio e se dedica a aprimorar suas várias formações há mais de 15 anos.
Quarta-feira, 21/6, 16h.

Música Clássica Indiana de estilo Hindustani
Com Sagar Karahe tocando tabla e Fábio Kidesh, sitar.
Quarta-feira, 21/6, 17h30.

Sopro dos Deuses(Digital, Dir.: Jan Schmidt-Garre, Alemanha, 2012, 105 min., livre)
Documentário de longa-metragem com imagens raras encontradas na busca do diretor pela história da yoga mais autentica.
Quarta-feira, 21/6, 19h.

Debates
Cinema Paralelo x Comercial
Um diálogo sobre o cinema indiano e suas múltiplas indústrias, fazendo um paralelo entre a linguagem cinematográfica do cinema de autor e comercial, com destaque para a geração dos jovens cineastas.
Com Carina Bini, curadora da mostra; Ibirá Machado, proprietário da Descoloniza Filmes e RajuRoychowdhury, físico e cinéfilo.
Quarta-feira, 23/6, 19h30.

O Papel da Mulher
Uma reflexão sobre o papel da mulher na sociedade indiana, milenar e atual, tratando principalmente dasrealizadoras e do protagonismo da mulher no cinema indiano.
Com Regiane Corrêa de Oliveira Ramos, presidente da Brasil-Índia Associação de Redes de Conhecimento – BrIndARC e membro do Conselho Consultivo do Centro de Estudos Indianos CEI/DRI da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); Carina Bini, curadora da mostra; JuilyManghirmalani, cofundadora do Coletivo LK, grupo de discussão sobre gênero e sexualidade e coadministradora da Plataforma Lótus, grupo sobre feminismo asiático.
Quarta-feira, 24/6, 16h.

Apresentações de Dança
Folk
Com o Grupo Bollywood Brasil.
Quarta-feira, 24/6, 15h.

Dança Clássica Kathak
Com Gyaneshree, coreógrafa, professora e dançarina de Kathak dos estilos Jaipur e RaigarhGharana.
Quarta-feira, 25/6, 16h30.

Serviço
Centro Cultural Banco do Brasil – São Paulo
Novo Cinema Indiano
De 14 de junho a 3 de julho de 2017
Ingressos
Cinema: R$ 10 (R$ 5 meia)
Debates, Apresentações de Música e Dança e Aulão de Yoga: Grátis.
Rua Álvares Penteado, 112, Centro
01012-000 São Paulo – SP
Telefone: (11) 3113-3651/3652

Studio na Colab55
André Sobreiro
André Sobreiro

Jornalista, daqueles que acredita no momento mágico em que as luzes do cinema se apagam e o filme vira a realidade

Veja todos os posts de André Sobreiro
Comentários
Follow my blog with Bloglovin