Salada de Cinema

Notícias, entrevistas, perfis e muito mais de tudo que acontece no mundo do cinema.

Salada de Cinema
Colunas

cine nerd: Doutor Estranho

por Igor Appolinario comentários

“I spent so many years peering through time… looking for you” – A Anciã (Tilda Swinton).

Salada de Cinema

Olá Nerds!

Doutor Estranho (Doctor Strange, 2016), veio para abalar as bases do Universo Cinemático Marvel. Quando já estávamos acostumados com a ciência por trás de Homem-de-Ferro, Hulk e demais Vingadores, a Marvel vem pela lateral e nos joga dentro do mundo da Magia!

Stephen Strange (Benedict Cumberbatch) é um neurocirurgião gênio, mas um acidente faz com que ele perca o uso das mãos e sua fé em seu próprio talento. É então que ele encontra Mordo (Chiwetel Ejiofor) e A Anciã (Tilda Swinton) que o levam em uma jornada por uma nova percepção de mundo.

Mas calma, que tudo tem explicação!

Salada de Cinema

Kevin Feige, o manda-chuva do Marvel Studios, disse que o conceito de mágica dentro do MCU seria algo mais pé-no-chão, centrada nos conceitos de física quântica e de Universos paralelos, para explicar de onde os poderes de nossos heróis e seus antagonistas saem.

O respeito pela ciência é tão grande no filme, que o astrofísico Adam Frank foi consultor científico do filme e ajudou a Marvel a definir seu conceito de Multiverso e até como os personagens percebem e aceitam essa realidade. Assim foi criado o conceito de “Magia” através de viagens dimensionais, tocar a energia dessas dimensões e puxar poderes destes mundos para o nosso.

Salada de Cinema

Doutor Estranho é cheio de referências, agradando muito os fãs do personagem, e do Universo Marvel, em suas duas horas de película. Logo no começo do filme, podemos ver a Torre Stark, base dos Vingadores, na paisagem de Nova York.

Muitos dos personagens e artefatos místicos que surgiram nos quadrinhos do Dr. Estranho durante os anos também fazem suas aparições aqui: o Olho de Agamotto, jóia mística de proteção e poder; o Manto da Levitação, a famosa capa vermelha que dá ao personagem o poder de vôo; Wong, o fiel ajudante de Strange, responsável por manter sua mansão mística em ordem; o Bastão de Watoomb, arma de batalha com uma ponta que parece um pequeno demônio, entre outros.

Salada de Cinema

O diretor Scott Derrickson admitiu em entrevistas que os vilões do Universo Cinemático Marvel nem sempre tem um tempo devido de desenvolvimento em seus filmes. Ele tentou então mostrar durante o filme o ponto de vista de Kaecilius (Mads Mikkelsen), uma vilão fortemente baseado em seus ideais e com uma lógica contundente.

Salada de Cinema

Em conjunto, Doutor Estranho é um filme diferente daqueles que a Marvel vinha entregando até hoje. Mais focado no entendimento do mundo ao redor, dos novos conceitos apresentados e principalmente na origem de Stephen Strange e sua peregrinação, ele usa magistralmente seus efeitos visuais para ilustrar os novos paradigmas para o Universo Cinemático Marvel.

Com um protagonista forte – Benedict Cumberbatch consegue deixar seus maiores trejeitos como Sherlock longe de Strange – e elenco de apoio afinado, Doutor Estranho é uma experiência que vale a pena ser vista na tela grande do cinema.

Salada de Cinema

Uma Curiosidade Final: Lars Mikkelsen, irmão do ator Mads Mikkelsen, fez a voz do Dr. Estranho na dublagem dinamarquesa da animação Doutor Estranho (2007). Lars também faz o personagem Charles Magnussen, antagonista de Benedict Cumberbatch no seriado da BBC Sherlock (2010-2017).

Até a próxima com mais Cine Nerd!

Studio na Colab55
Igor Appolinario
Igor Appolinario

Nerd inveterado, ainda procura a Pergunta para a Vida, o Universo e Tudo Mais. Escreve sobre Cinema Nerd, pra divertir e informar o pessoal interessando em sempre quer saber um pouco mais.

Veja todos os posts de Igor Appolinario
Comentários
Follow my blog with Bloglovin