Salada de Cinema

Notícias, entrevistas, perfis e muito mais de tudo que acontece no mundo do cinema.

Salada de Cinema
Colunas

cine nerd: Star Trek: Sem Fronteiras

por Igor Appolinario comentários

“This is where it begins, Captain. This is where the frontier pushes back!” – Krall (Idris Elba).

Salada de Cinema

Olá Nerds!

Acaba de estrear nos cinemas brasileiros o terceiro filme do reboot de Jornada nas Estrelas, Star Trek: Sem Fronteiras (Star Trek Beyond, 2016), que nós já analisamos aqui no Salada. Produzido pelo novo mago do cinema J. J. Abrams e dirigido por Justin Lin (da franquia Velozes e Furiosos), voltamos a encontrar a tripulação da Enterprise em uma grande aventura, marcando o aniversário de 50 anos da franquia.

Salada de Cinema

Idris Elba (Krall) revelou em uma conversa com Zoe Saldana (Tenente Uhura), que o olho machucado de Chris Pine (James T. Kirk) na cena final não era uma maquiagem, mas uma machucado real provocado pela cena de luta intensa entre os dois durante a filmagem.

O brinde de Kirk para os “amigos ausentes” é imediatamente seguido por uma imagem de Anton Yelchin como Chekov. O ator morreu em Junho deste ano, em um estranho acidente doméstico. Nos créditos finais vemos uma homenagem a Leonard Nimoy, falecido em 2015, e para Anton. O brinde de Kirk também é uma referência ao brinde de William Shatner em Jornada nas Estrelas III – À Procura de Spock (1984) e de Patrick Stewart (Capitão Picard) em Jornada nas Estrelas: Nêmesis (2002), relembrando seus colegas perdidos em batalha.

Salada de Cinema

Simon Pegg (Montgomery ‘Scotty’ Scott), também roteirista do filme, identifica a estação espacial humana como “Base Yorktown”. Yorktown era o nome da nave espacial da primeira versão do roteiro de Gene Roddenberry para a séria clássica de Jornada nas Estrelas (1966), antes da mudança para Enterprise.

Quando a tripulação da Enterprise chega a Yorktown, podemos ouvir nos anúncios a chegada da nave NCC-2893. Esta é a nave pilotada pelo Capitão Jean-Luc Picard (Patrick Stewart) antes dele comandar a Enterprise no começo do seriado Jornada nas Estrelas: A Nova Geração (1987).

Salada de Cinema

Simon Pegg e o diretor Justin Lin decidiram que Hikaru Sulu (John Cho) seria gay, como uma homenagem ao ator George Takei, o interprete do mesmo na série clássica, e atualmente, um grande ativista LGBT. Takei não ficou muito contente com a homenagem, pois não era o plano original do criador do seriado Gene Roddenberry. Ainda sim, Justin Lin, Pegg e Cho defenderam a decisão criativa, pela representatividade que ela cria.

Uma curiosidade final: Com este filme, todos os vilões principais do reboot de Star Trek também são parte proeminente do Universo Cinemático da Marvel. Eric Bana, o vilão romulano de Star Trek (2009), também foi o Dr. Bruce Banner em Hulk (2003). Benedict Cumberbatch, o Khan de Além da Escuridão: Star Trek (2013) será o Dr. Stephen Strange em Doutor Estranho (2016). E Idris Elba é o Heimdall, coadjuvante dos filmes do Thor.

Salada de Cinema

Até a próxima com mais Cine Nerd!

Studio na Colab55
Igor Appolinario
Igor Appolinario

Nerd inveterado, ainda procura a Pergunta para a Vida, o Universo e Tudo Mais. Escreve sobre Cinema Nerd, pra divertir e informar o pessoal interessando em sempre quer saber um pouco mais.

Veja todos os posts de Igor Appolinario
Comentários
Follow my blog with Bloglovin