Salada de Cinema

Notícias, entrevistas, perfis e muito mais de tudo que acontece no mundo do cinema.

Salada de Cinema
Colunas

cine nerd: Nerds no Oscar

por Igor Appolinario comentários
Salada de Cinema

Olá Nerds!

Com o Oscar neste final de semana, vocês já devem ter visto a análise da coluna Cine Teen sobre o que a academia tem tentado mudar neste e nos próximos anos de premiação, e isso é bem importante pra gente!

Mad Max: Estrada da Fúria (Mad Max: Fury Road, 2015), ganhou seis Oscars neste final de semana e se consagrou como o maior vencedor, mesmo tendo perdido os prêmios principais de Melhor Filme e Melhor Diretor, que George Miller merecia por essa obra prima distópica e alucinante. Sem falar na controversa “não indicação” de Charlize Theron, e sua poderosa Imperatriz Furiosa, para o premiação de Melhor Atriz Coadjuvante (ou principal!).

Ex_Machina: Instinto Artificial (Ex Machina, 2015), foi agraciado com o Oscar de Melhores Efeitos Visuais por seus impressionantes efeitos gráficos, usados para transformar Alicia Vikander (ganhadora do Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante deste ano por A Garota Dinamarquesa) na inteligência artificial personificada Ava.

John Williams não levou dessa vez pela Trilha Sonora de Star Wars: O Despertar da Força (Star Wars: The Force Awakens, 2015), sua quinquagésima indicação ao Oscar! Mas, como o Cine Música já nos contou em detalhes, Ennio Morricone foi merecedor da estatueta dourada pela trilha de Os Oito Odiados (Hateful Eight, 2015), seu primeiro Oscar aos 87 anos.

No passado, os filmes nerds costumavam ser relegados apenas às categorias mais técnicas da premiação da Academia de Filmes Artes e Ciência dos Estados Unidos, inclusive sendo o centro das atenções na sua premiação secundária sobre Avanços Científicos na área do Cinema.

O Retorno de Jedi (Star Wars: Episode VI – Return of the Jedi, 1983), por exemplo, foi nomeado em quatro categorias do prêmio principal, mas ganhou um prêmio especial por avanço em Efeitos Especiais. Em outros anos RoboCop – O Policial do Futuro (RoboCop, 1987) recebeu o prêmio especial por avanço em efeitos sonoros e O Vingador do Futuro (Total Recall, 1990) recebeu o prêmio especial por avanço em efeitos especiais.

Entre os filmes nerds a Trilogia Senhor dos Anéis foi a mais bem sucedida na premiação: A Sociedade do Anel (2001) levou quatro Oscars, As Duas Torres (2002) dois Oscars e O Retorno do Rei (2003) é um dos recordistas de todos os tempos do Oscar, consagrado com 11 estatuetas. Já a Trilogia O Hobbit (2012-2014) foi nomeada em seus respectivos anos, mas nenhuma vitória contabilizada.

Matrix (1999) levou quatro Oscars por sua revolução em efeitos especiais, mas as continuações nem sequer chegaram a ser nomeadas em seus anos de lançamento.

Superman: O Filme (Superman, 1978) ganhou um prêmio especial da Academia por seu avanço em efeitos especiais, além de nomeado em três categorias do Oscar. O herói só voltaria a figurar entre os nomeados, porém sem prêmios, com Superman: O Retorno (Superman Returns, 2006).

Já Batman (1989) levou um Oscar, só repetindo a façanha em Batman: O Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight, 2008) que levou dois Oscars, sendo um deles o prêmio póstumo a Heath Ledger como Melhor Ator Coadjuvante por seu Coringa.

Pelo lado da Marvel somente contabilizamos nomeações, em sua maioria para o Oscar de Melhores Efeitos Visuais, para Homem de Ferro (Iron Man, 2008), Homem de Ferro 2 (Iron Man 2, 2010), The Avengers: Os Vingadores (The Avengers, 2012), Homem de Ferro 3 (Iron Man 3, 2013), Capitão América 2: O Soldado Invernal (Captain America: Winter Soldier, 2014) e por fim Guardiões da Galáxia (Guardians of the Galaxy, 2014), que ganhou duas nomeações!

A Ficção Científica por sua vez tem mais sorte e é a área do Cinema Nerd mais agraciada pela Academia. Se fizermos uma pequena lista dos ganhadores dentro destes 88 anos de premiação, descontando ai os diversos Oscars já ganhos até os anos 60/70 quando o cinema “Nerd” realmente veio a tona, podemos encontrar:

Gravidade (Gravity, 2013) figura como o campeão da lista com sete Oscars, seguido de perto pelo primeiro Guerra nas Estrelas (Star Wars, 1977) que ganhou seis estatuetas. E.T. – O Extraterrestre (E.T. the Extra-Terrestrial, 1982), O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final (Terminator 2: Judgment Day, 1991) e A Origem (Inception, 2010) estão empatados aqui com quatro prêmios cada.

Jurassic Park: O Parque dos Dinossauros (Jurassic Park, 1993), uma impressionante revolução em sua época pelos Efeitos Especiais, levou pra casa três Oscars, assim como o igualmente revolucionário Avatar (2009).
Dois filmes, com temáticas bem diferentes, mas que lidam com alienígenas interferindo na vida de seres humanos também ganharam prêmios: Cocoon (1985) e Aliens, o Resgate (Aliens, 1986) ficaram com dois Oscars.

Alguns filmes foram prejudicados por suas temáticas “incomuns” e acabaram recebendo um Oscar, geralmente em Efeitos Especiais, como uma forma de “prêmio de consolação”: 2001: Uma Odisséia no Espaço (2001: A Space Odyssey, 1968), Contatos Imediatos de Terceiro Grau (Close Encounters of the Third Kind, 1977), Alien, o Oitavo Passageiro (Alien, 1979), O Império Contra-Ataca (Star Wars: Episode V – The Empire Strikes Back, 1980), De Volta Para o Futuro (Back to the Future, 1985), A Mosca (The Fly, 1986), Viagem Insólita (Innerspace, 1987), Independence Day (1996), Homens de Preto (Men in Black, 1997) e Star Trek (2009).

Casos notáveis foram os prêmios de Melhor Roteiro Original recebidos pelos melancólicos romances nerds “Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças” (Eternal Sunshine of the Spotless Mind, 2004) e “Ela” (Her, 2013).
Injustiçados ou não em suas épocas, podemos ver com a consagração de Mad Max que o Cinema Nerd terá mais espaço na Academia nos próximos anos, onde os Efeitos Especiais e a temática deixarão de ser um ponto negativo para estas estórias emocionantes, densas e que fazem o público pensar.

Até a próxima com mais Cine Nerd!

Studio na Colab55
Igor Appolinario
Igor Appolinario

Nerd inveterado, ainda procura a Pergunta para a Vida, o Universo e Tudo Mais. Escreve sobre Cinema Nerd, pra divertir e informar o pessoal interessando em sempre quer saber um pouco mais.

Veja todos os posts de Igor Appolinario
Comentários
Follow my blog with Bloglovin