Salada de Cinema

Notícias, entrevistas, perfis e muito mais de tudo que acontece no mundo do cinema.

Salada de Cinema
Colunas

cine nerd: a originalidade

por Igor Appolinario comentários

Avengers_Initiavive_number

Olá Nerds!

Já falamos sobre o dilema de adaptar ou não conteúdos nerds para o cinema. Hoje vamos falar um pouco sobre essa prática que dominou essa vertente do cinema mundial: os filmes que nós nerd amamos são originais?

No texto sobre adaptações citei 3 adaptações de videogame, 1 adaptação literária e 1 adaptação de série de TV. E isso foi só a ponta do iceberg. Uma consulta rápida ao Box Office Mojo mostra, no fim de semana de 13 a 15 de Julho, que nos 10 primeiros lugares de bilheteria temos, entre os filmes “nerds”, 2 continuações, 1 remake de super-herói, 1 adaptação literária e UM filme original da Pixar. Ainda fora disso, em 12º lugar a (fantástica) adaptação dos Vingadores para a telona.

Há anos o cinema nerd bebe de diversas fontes prévias para lançar filmes de sucesso, deixando muito pouco espaço para novas idéias e filmes com roteiros originais. Das mais recentes aos próximos lançamentos, o cinema nerd está recheado de adaptações.

Um dos mais recentes filmes nerds lançado foi Prometheus (2012), que manteve mistério durante toda sua publicidade e gerou a aura de um filme excitantemente original, acabou criando uma “cilada” ao se revelar como uma estória dentro do universo da saga “Alien”.

O cinema mundial como um todo vem pasando por uma crise de criatividade, usando o artifício de traduzir em roteiro diversas outras formas de mídia. Livros consagrados, quadrinhos, videogames, séries televisivas, e até brinquedos, como podemos ver na trilogia Transformers e no recente Battleship – Batalha dos Mares (2012).

Não que a qualidade seja comprometida pelo simples fato de ser uma adaptação. Muitos filmes superaram grandemente o material original e criaram uma ligação tão profunda com o mesmo que se tornaram lendários. Mas isso é um sinal dos tempos e de uma prática maligna (não no sentido cartunesco de maldade, mas no sentido mais literal de “oposto a benéfico”) dos produtores e estúdios de cinema.

A falta de originalidade no cinema nerd atual deve-se muito à falta de comprometimento em arriscar no “novo”. As adaptações, remakes e filmes baseados em material pré-existente são extremamente rentáveis e com riscos menores de irem mal nas bilheterias. A base de fãs do material original garante um mínimo de arrecadação que parece satisfatório para muitos estúdios.

Caímos aí na discussão da semana passada sobre adaptações e como algumas são feitas a toque-de-caixa, com um orçamento tão baixo que só se justifica pelo coeficiente lucro-benefício do retorno garantido dos fãs que caem na armadilha.

Fico no aguardo no dia que os estúdios voltarão a apostar em filmes nerds originais e criados para o cinema, para a linguagem das câmeras e solto das amarras das adaptações.

E você leitor, o que acha do estado atual da “originalidade” do Cinema Nerd?

Até semana que vem com mais Cinema Nerd!

Igor Appolinario
Igor Appolinario

Nerd inveterado, ainda procura a Pergunta para a Vida, o Universo e Tudo Mais. Escreve sobre Cinema Nerd, pra divertir e informar o pessoal interessando em sempre quer saber um pouco mais.

Veja todos os posts de Igor Appolinario
Comentários