Salada de Cinema

Publicidade
Salada de Cinema/Premiação

Oscar 2012 – É dos velhinhos que eles gostam mais

Publicado em 16/02/2012 / Por: Reinaldo Glioche

Quem já deu uma rápida espiada na lista dos concorrentes ao Oscar de melhor ator coadjuvante, constatou que a maioria dos indicados já está na convencionada melhor idade. Esse fato não é coincidência. Historicamente a academia tende a incluir atores veteranos nessa categoria. É uma maneira de prestar homenagem e reconhecimento a grandes atores que ou foram pouco lembrados pelo Oscar ou negligenciados em absoluto.

Christopher Plummer, que é favorito este ano por “Toda forma de amor”, concorreu dois anos atrás por “A última estação” quando tinha 80 anos. Em 2009, o veterano Hal Holbrook, aos 84 anos, foi indicado por um pequeno papel em “Na natureza selvagem”. Alan Arkin venceu em 2007, aos 73 anos, pelo papel em “Pequena miss sunshine”. Morgan Freeman foi outro que conquistou o sonhado Oscar depois dos 60. O ator tinha 68 anos quando foi vitorioso pela performance em “Menina de ouro” em 2005.

Christopher Walken, Paul Newman, Jim Broadbent, Ian McKellen, John Voight, Ben Kingsley, Albert Finney, Michael Caine, James Coburn, Robert Duvall, Anthony Hopkins e Burt Reynolds estão entre outros atores nomeados nos últimos quinze anos que já haviam passado dos 60 anos à época de suas indicações.Alguns desses já até morreram, casos de Paul Newman e James Coburn.

Portanto, Christopher Plummer (82 anos), Max Von Sydow (82 anos) e Nick Nolte (71 anos) não são exceções à regra. Eles são a confirmação de que, no Oscar, panela velha continua fazendo comida boa.




Compartilhe
Comentários