Salada de Cinema

Notícias, entrevistas, perfis e muito mais de tudo que acontece no mundo do cinema.

Salada de Cinema
Entrevistas

Salada de Cinema entrevista Felipe Bragança, realizador de ‘Desassossego’

por Fernando Império comentários

DesassossegoO cinema independente ganha espaço neste fim de semana no circuito de salas de projeção de São Paulo com a exibição de “Desassossego”, um projeto que reuniu 14 cineastas em torno do tema que leva o título do filme. Para entender melhor como funcionou a ideia, o Salada de Cinema conversou com Felipe Bragança, um dos realizadores do filme ao lado de Marina Meliande.

Antes, vale lembrar que amanhã, 22 de setembro, haverá uma exibição gratuita de “Desassossego” e depois um bate-papo com os realizadores no MIS (Museu de Imagem e Som – Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo), às 20h.

Salada de Cinema – Qual é a proposta do projeto ‘Desassossego’?

Felipe Bragança –
DESASSOSSEGO (FILME DAS MARAVILHAS) é um projeto de um coletivo efêmero criado por 14 diretores em torno de uma carta escrita por mim e uma menina de 16 anos cujo nome não posso revelar e que por isso chamo de Luiza. É um filme sobre amor, utopia e aventura no Brasil e no mundo de hoje – pensando e tentando criar formas de maravilhamento no confronto com uma ideia de realidade muitas vezes embotada de lugares comuns sobre a melancolia e a inércia do espírito.

Salada de Cinema – O filme sugere que ‘Desasossego’ não tem um significado universal, pois cada cineasta deu o seu olhar sobre o tema. Para você, o que é ‘desassossego’?

Felipe Bragança –
DESASSOSSEGO foi pensado como uma fragmentação de sentidos e possibilidades e mais do que uma diversidade de olhares, o que a gente queria era encontrar uma “confusão comum”. Uma mistura de elementos, camadas de imaginação, que nos permitisse ir além da crônica do real ou do pastiche. Para mim, o “desassossego” é um sentimento de coragem e falta.

Salada de Cinema – Qual foi o tempo de duração deste projeto, da ideia até a estreia e quais foram os principais desafios?

Felipe Bragança –
O filme tem 63 minutos na versão final para cinema. Uma versão menor de 55 minutos foi distribuída um ano atrás por cartas no Correio. Foram 3 anos desde a ideia original até o filme ser exibido na sua estreia mundial em Rotterdam 2011. Meu maior desafio foi manter a sensibilidade à flor da pele num processo colaborativo em que era necessário ao mesmo tempo deixar com que cada realizador se sentisse livre para criar, mas girasse em torno do espírito comum da carta. De alguma forma, eu tive que me dividir em 10 e me refazer em 1, para coordenar todo o filme.

Salada de Cinema- Qual a sua posição sobre o atual momento do cinema brasileiro? Existe uma crise de criatividade?

Felipe Bragança –
Não vejo crise de criatividade, mas uma crise das formas de se criar imagens no país e para esse novo país que surge. Vejo uma potência muito forte na geração de cineastas que surge agora entre seus 25 e 35 anos, em curtas e longas. Assim como temos tido filmes bem interessantes feitos por realizadores mais rodados. O país está mudando rápido e está em plena crise de identidade na sobreposição do velho país tropical arcaico e romântico e essa potência capitalista racional e pragmática que nos aparece agora como modelo. Acho natural e necessário que o cinema exprima a poética dessa confusão.

Veja o trailer de “Desassossego”:

Por Fernando Império, editor-chefe

Studio na Colab55
Fernando Império
Fernando Império

Jornalista, cinéfilo, tesão por inteligência e fã de filmes sem final feliz.

Veja todos os posts de Fernando Império
Comentários
  • http://twitter.com/saladadecinema/status/116494200706568192 Salada de Cinema

    Salada de Cinema entrevista Felipe Bragança, realizador de ‘Desassossego’ http://t.co/h3Ccy7fJ

  • http://twitter.com/sociedadebbc/status/116494200392007680 Blogueiros Cinéfilos

    Salada de Cinema: Salada de Cinema entrevista Felipe Bragança, realizador de ‘Desassossego’ http://t.co/4C6gQRMs

  • http://twitter.com/fer_imperio/status/116494985305657344 Fernando Império

    Cinema independente em 'Desassossego', com o cineasta Felipe Bragança http://t.co/wYNjzAvD

  • http://twitter.com/renatocinefilo/status/116495100107964416 renatocinema

    Salada de Cinema entrevista Felipe Bragança, realizador de ‘Desassossego’ http://t.co/h3Ccy7fJ

Follow my blog with Bloglovin