Salada de Cinema

Notícias, entrevistas, perfis e muito mais de tudo que acontece no mundo do cinema.

Salada de Cinema
Críticas

O tradicional herói moderno

por André Sobreiro comentários

Antes mesmo de assistir, já tinha comentado com a @syferrari que imaginava que testosterona iria transbordar nesse novo James Bond. E, claro, não foi diferente. Ok, foi sim. Transbordava testosterona de um lindo smoking clássico. 007 Quantum of Solace é daqueles filmes que te levam ao cinema com uma expectativa altíssima. E que faz você sair satisfeito e feliz. Principalmente por que ele agrada aos dois grandes públicos do agente.
Os conservadores: são aqueles que associam James Bond a Martinis, lindas Bond Girls, a tensão da Guerra Fria e todo o glamour que historicamente o envolve.

Os jovens nerds: assistiram Matrix e a trilogia Bourne e esperam um Bond valentão com muito sangue e suor. Ah, e as Bond Girls, unanimidades.

E todos esses elementos estão lá. Daniel Craig, apesar de loiro, se reafirma como um excelente ator para as demandas atuais de James Bond. Em Cassino Royale, já havia provado capacidade para cenas de lutas e explosões. Agora em Quantum of Solace vemos o agente – nem tão a serviço de Sua Majestade – mas com toda a classe necessária.

Sua parceira, Camille, cumpre em partes o papel esperado para uma mulher Bond Girl. Bela e sensual, A filha de dançarina russa tem uma missão de vingança muito focada. Vingança, aliás, é o grande mote do filme. Após a triste morte de Vesper Lynd no filme anterior, Bond parte em busca da resposta que o atormenta: Sua amada era uma traidora ou não?

O enredo, no entanto, por vezes peca ao misturar nomes e localidades e vinganças e fica um tantinho confuso. Nada que com o desenvolvimento do filme não se desfaça. A grande cena do filme fica, com o perdão dos nerds fãs de socos e explosões, na classuda cena da Tosca de Puccini, quando ação e inteligência se misturam à intensidade da ópera, trilha sonoro ideal para um novo Bond que vem chegando: cada vez mais Bond das antigas. Ainda bem.

Studio na Colab55
André Sobreiro
André Sobreiro

Jornalista, daqueles que acredita no momento mágico em que as luzes do cinema se apagam e o filme vira a realidade

Veja todos os posts de André Sobreiro
Comentários
  • vini_freak

    Juro que nem queria ver, mas fiquei com vontade agora. Vai ser difícil, mas acho q consigo
    ;)

Follow my blog with Bloglovin